Volta às aulas: cuide com a visão de seu filho.

Como saber se meus olhos estão saudáveis?
10 de janeiro de 2019
Tudo sobre Terçol: causas, sintomas, tratamento e prevenção
24 de janeiro de 2019

Volta às aulas: cuide com a visão de seu filho.

A volta às aulas está chegando. Um novo ano letivo, recheado de descobertas e novos conhecimentos espera pelo seu filho. E você, certamente, deseja que ele tenha a melhor experiência possível. 

Geralmente, é na sala de aula que os pais percebem as dificuldades visuais de seus filhos. Alguns sintomas, que parecem de mau comportamento e desleixo, na realidade são indícios que o seu pequeno precisa do auxílio de um oftalmologista. 

Para que você garanta o melhor ano letivo para o seu filho, o HOSC preparou este artigo com os principais sintomas que você deve observar em seu pequeno. Confira! 

 

– Falta de atenção nas aulas. 

Quando a criança está desatenta, conversando muito durante as aulas e prestando pouca atenção em seu professor, logo assumimos que ela tem algum problema de atenção ou até de comportamento. 

O que, realmente, pode ser o caso, mas os problemas de visão também causam essas atitudes nos pequenos. Por não conseguirem visualizar o que está sendo escrito no quadro ou demonstrado na parte da frente da sala, eles buscam fazer algo que efetivamente conseguem fazer para fugir deste sentimento de frustração que os está incomodando. 

Por isso as conversas, os bilhetes, os desenhos e o total desinteresse no que está sendo demonstrado pela professora. 

 

– Dificuldade de aprendizagem. 

Imagine que você está assistindo um filme, mas a tela está totalmente fora de foco. As falas são ouvidas claramente, mas as paisagens, os cenários e os personagens ficam embaçados e você perde pequenos detalhes que são fundamentais para a história. 

 

Certamente o filme ficaria confuso, não é mesmo? 

É assim que uma criança se sente quando não consegue enxergar direito em sala de aula: confusa. Por não conseguir acompanhar adequadamente as histórias, ou seja, as matérias que a professora está ministrando, ela perde alguns detalhes essenciais, o que dificulta a compreensão do conteúdo. Isso reflete totalmente em seus resultados escolares. 

 

– Caderno desorganizado ou com português incorreto. 

Estes comportamentos também são confundidos com falta de atenção ou má postura em sala de aula. Apesar de, às vezes, essas serem realmente as razões de um caderno não tão exemplar, a visão dificultada também pode causar estas atitudes. 

Aqui temos duas hipóteses que podem ser aplicadas. Ou a criança não consegue deixar seu caderno em dia por não conseguir acompanhar o quadro, ou ela tem dificuldade visual para perto, sendo o próprio caderno o verdadeiro dilema desta situação. 

 

– Recusar atividades esportivas. 

Toda criança têm muita, mas muita energia para gastar. Por este motivo, o intervalo e as aulas de Educação Física são os momentos favoritos destes pequenos estudantes. 

Claro que existem suas exceções. Algumas crianças preferem atividades mais intelectuais e não se sentem confortáveis praticando atividades físicas. Entretanto, este também é um sintoma de dificuldade visual nos pequenos. 

 Como esperar que eles pulem, corram e saltem pelo mundo se eles não conseguem o enxergar adequadamente? Este receio faz com que crianças altamente ativas prefiram não gastar suas energias em algo que, para elas, gera muita insegurança. 

 

Dicas para os papais. 

Manter um diálogo aberto com seus filhos, sem pré-julgamentos, é essencial para que os problemas de visão sejam detectados. Não rotule a situação do seu filho antes de levá-lo a um especialista. Esteja aberto para todas as possibilidades e deixe a criança dizer o que está errado com ela. 

 Além disso, leve seu pequeno regularmente ao oftalmologista, mesmo que ele diga que está tudo bem. O acompanhamento da saúde visual deve ser feito ao menos uma vez ao ano, durante toda a vida, para evitar doenças visuais assintomáticas. 

 Cuide da saúde visual do seu filho para que ele tenha o melhor ano letivo possível! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *