• Catarata

    A visão é um dos mais importantes sentidos dos quais dispomos para interagirmos com o mundo à nossa volta. Para seu bom desempenho é indispensável que os olhos estejam funcionando perfeitamente. Infelizmente, com o avanço da idade, pode ocorrer uma diminuição na visão causada pelo surgimento da catarata.

    Muitas vezes, nossos pais e avós, quando abandonam atividades usuais e corriqueiras, fazem isso porque pode estar ocorrendo uma perda gradativa da visão devido ao desenvolvimento de catarata.

    O que é catarata?

    A catarata é o processo da perda da transparência do cristalino, a lente natural do olho.  Normalmente o cristalino é incolor e transparente e tem como objetivo focalizar os objetos que enxergamos. Com a opacificação desta lente, as imagens captadas pelo olho perdem sua nitidez e qualidade.

    Esse problema acomete milhões de pessoas e é a maior causa de cegueira que pode ser tratada no mundo.

     

    1

    Quais os sintomas?

    A catarata pode causar uma diminuição progressiva da visão, alterando também a visão das cores, que se apresentam menos vivas e com tons de marrom.  À medida que a catarata avança, a visão vai ficando progressivamente mais turva e embaçada, prejudicando as atividades mais comuns tais como a leitura, o caminhar ou até assistir TV.

    Mesmo usando óculos, a visão continua embaçada. A sensação é como se as lentes dos óculos estivessem sujas. É comum o paciente trocar muitas vezes as lentes do óculos, mas com o avanço da catarata, a visão vai diminuindo.

    É comum também, a diminuição da visão à noite e ter a impressão constante de que a iluminação não está boa. O paciente com catarata pode se sentir incomodado por luz forte, apresentando ofuscamento na presença de focos intensos de luz, como faróis de automóveis.

    Nos casos extremos, a queixa óbvia é a perda quase que total da visão. Não são raros os casos de pacientes mais idosos que sofrem acidentes com automóveis, quedas e fraturas sérias devido à visão prejudicada pela catarata.

    sintomas

    Quais as causas?

    A causa mais comum de catarata é aquela relacionada a idade, também denominada catarata senil. O cristalino se torna gradativamente opaco devido ao envelhecimento., Estima-se que mais de 50% das pessoas acima de 55 anos sofrem de catarata.

    Outras causas de catarata são:

    – diabetes

    – uso prolongado e sem indicação médica de medicamentos que contêm corticóides,

    – inflamações intra-oculares,

    – traumas como socos ou batidas fortes na região dos olhos,

    – congênita onde a criança nasce com a doença, podendo ser decorrente de infecções intra-uterinas  ou má formação do globo ocular.

    Qual é o tratamento?

    O único tratamento eficaz para a catarata é a cirurgia.

    Até hoje não se conhecem quaisquer medidas eficazes para prevenir o surgimento de catarata. Não há medicamentos, colírios, exercícios ou óculos que curem a catarata.

    Durante a cirurgia, após a retirada do cristalino opacificado, é colocada uma lente intra-ocular para compensar o grau do cristalino normal.

    A cirurgia de catarata é realizada sob anestesia local e ambulatorialmente, o que permite ao paciente retornar ao seu domicílio logo após o término da cirurgia.

    O pós-operatório é simples e consiste em tratamento local à base de colírios.

    Na grande maioria dos casos, a recuperação da visão ocorre logo nas primeiras 24 horas e o resultado é facilmente percebido.

    cirurgia

    Avanços nas lentes intra-oculares:

    Existem atualmente lentes compostas de materiais flexíveis e dobráveis, que permitem sua colocação através de incisões de 2,20 mm de largura. Tais materiais aumentaram também sua biocompatibilidade, ou seja, têm baixo potencial de provocar reações inflamatórias ou “rejeição”.
    Devemos lembrar que a correção da catarata também vem acompanhada da correção total ou parcial do grau prévio do paciente. O avanço tecnológico das novas lentes intra-oculares multifocais permite com que haja abandono do óculos em definitivo na maioria dos casos.
    Evidentemente não se pode generalizar; cada situação cirúrgica deve ser analisada em particular, sendo então indicada a melhor lente para cada caso.

     

    lente lente2


    Dr. Éber Dal Molin
    Oftalmologista
    CRMSC 19393

    Comente
  • Por Landa em 25 de maio de 2016, 01:18

    Gostaria de saber quanto custa para fazer a cirrgia de catarata!Já tenho o diagnóstico de 2 profissionais! Para cada olho quanto custa? E a lente e nacional ou importada?

    Resposta →
    • Por tadeu herzmann em 23 de junho de 2016, 02:25
      em resposta a Landa

      Tenho convénio Unimed, porem gostaria de saber o preço de cada lente.?

      Resposta →
      • Por Juraci Trizotto de Andrade em 21 de agosto de 2017, 15:47
        em resposta a tadeu herzmann

        Boa tarde. Gostaria de saber se o hospital realiza cirurgia de catarata com cobertura da Unimed Litoral e quais as lentes utilizadas.

        Resposta →
    • Por audenice em 11 de janeiro de 2017, 23:12
      em resposta a Landa

      gostaria de saber quanto custa a cirurgia de catarata obg

      Resposta →
    • Por Geruza Rosa Pereira em 13 de setembro de 2017, 20:37
      em resposta a Landa

      Tenho catarata congênita,do olho esquerdo gostaria de saber por alto quanto custa uma cirurgia de catarata de um olho?

      Resposta →
  • Por Dienifer Paludo em 8 de dezembro de 2016, 12:44

    Prezados, gostaria de saber quanto custa a cirurgia de catarata.

    Grata pela atenção.
    Dienifer Paludo

    Resposta →
  • Por Lucy Corrêa Couto em 10 de março de 2017, 11:38

    Tenho o convênio da SulAmérica e gostaria de saber como proceder para que o plano cubra a cirurgia de catarata e se ele cobre também o valor das lentes, mesmo as mais caras, devido à qualidade e também porque dispensam o uso dos óculos. Qual seria o valor das lentes? Tenho indicação para cirurgia de um médico e estou pesquisando sobre o assunto. Preciso ouvir a opinião de outro profissional, escolher o hospital, o médico e saber qual o procedimento do plano de saúde e depois de informada de tudo isso, decidir quando realizar a cirurgia. Obrigada!

    Resposta →

Deixe um comntário

Cancelar